Como motivar a equipe em Home Office: 5 dicas para não errar

Como motivar a equipe em Home Office: 5 dicas para não errar

Saber como motivar a equipe no Home Office é essencial para qualquer empresa que precise adotar esse modelo de trabalho. Afinal, nesse período os colaboradores precisam não só lidar com as tarefas da empresa, mas também com as tarefas de casa e até mesmo com a presença da família por perto.

É preciso saber como criar essa motivação e mostrar para cada colaborador que é sim possível trabalhar de casa e entregar os resultados esperados, sem que seja preciso lidar com estresse.

Mas, é claro: para que esse processo dê certo também depende de você, como líder, adotar algumas medidas e seguir algumas dicas básicas nesse sentido.

Veja abaixo quais são elas.

5 dicas de como motivar a equipe em Home Office

TRABALHE COM PROCESSOS SIMPLES

Mesmo que sua empresa tenha seus próprios processos, ao migrar para o Home Office talvez eles precisem mudar um pouco.

O importante, porém, é mantê-los simples, principalmente no que diz respeito ao uso de ferramentas. Você pode usar só uma para armazenar todas as informações que sua equipe precisa? Ótimo, então foque apenas nela.

Afinal, trabalhar de casa não deixa de ser algo “confuso”, pelo menos no início, e quanto mais simples for, melhor.

SE MANTENHA PRESENTE

Motivar a equipe em Home Office ou presencialmente exige um detalhe em comum: a presença constante de alguém que mostre o caminho e se mantenha presente para tirar dúvidas e dar apoio no que for preciso.

No contexto da sua empresa, essa pessoa pode ser você.

Porém, mesmo que não seja, lembre-se: quando alguém mostra que está presente para ajudar, os colaboradores sabem que têm com quem contar. Com isso, se sentem muito mais seguros e, consequentemente, motivados.

MANTENHA-SE MOTIVADO

Você é o líder da equipe que deseja motivar, ou da empresa como um todo?

Se sim, deve saber que liderar também é servir de espelho. Logo, quanto mais VOCÊ estiver motivado, mais conseguirá inspirar seus colaboradores a entrarem no mesmo estado de espírito.

DÊ LIBERDADE A CADA COLABORADOR

Um dos pontos que mais confundem quem começa a trabalhar de casa é a carga horária.

Será que, mesmo fazendo o que precisa fazer, é preciso ficar online mostrando presença durante todo o expediente?

A resposta para essa pergunta é relativa, mas, via de regra, principalmente no que diz respeito à motivação, quanto mais liberdade você der, melhor.

Tente traçar metas e trabalhar em cima delas, e se o colaborador entregar tudo o que precisa, não exija que ele fique “disponível” o tempo todo.

Lembre-se que ele está em casa, talvez tenha filhos que exigem atenção, e é preciso que a empresa também entenda isso.

ENTENDA AS PARTICULARIDADES DE CADA UM

E os filhos são apenas uma das particularidades que devem ser consideradas.

Há, por exemplo, colaboradores que sentirão dificuldades por causa da velocidade da internet e outros que se sairão melhor em determinadas atividades por conta do perfil comportamental.

Ou seja: busque entender as necessidades e particularidades de cada e, mesmo no Home Office, esteja preparado para a diversificação nos resultados.

E por falar em perfil comportamental…

Se você ainda não sabe a qual perfil cada colaborador da sua empresa pertence, é hora de fazer essa descoberta, pois ela fará toda a diferença também na motivação, afinal a partir disso cada pessoa poderá passar a trabalhar com atividades que realmente tenham a ver com sua personalidade.

O ideal é obter essa informação logo na contratação, mas nada impede que você a faça agora: o importante é dar o primeiro passo!

Para essa tarefa, conte com o Profiler DISC, um software completo que em poucos minutos te entrega todas as informações que você precisa a respeito do colaborador analisado, te permitindo ainda mais assertividade em seus processos.

Clique aqui para conversar com a nossa equipe a respeito.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *