Analista Comportamental - 10 Coisas que os Profissionais não sabem

Analista Comportamental - 10 Coisas que os Profissionais não sabem

Todos nós pertencemos a diversas origens e grupos, e sempre nos relacionamos com pessoas de personalidade, comportamentos e interesses diferentes. E, aprender a entender e a identificar traços comportamentais, tem sido um desafio para a maioria das empresas. O Analista Comportamental tem essa função.

Com isso, no meio corporativo, o Analista Comportamental vêm ganhando mais destaque e importância à medida que eles são considerados os profissionais mais apropriados para identificar e relatar com precisão sobre perfis comportamentais a partir de uma análise comportamental.

Por isso, nesse artigo você vai entender melhor a respeito do que um Analista Comportamental pode fazer por uma empresa, e também você verá as 10 coisas importantes que os profissionais não sabem sobre o analista comportamental. Então, leia este artigo até o final.

Vamos lá!

Primeiramente, você precisa compreender que os Analistas Comportamentais são profissionais preparados com formação e certificação na área, para fazer as melhores intervenções com base nas teorias do comportamento humano.

  • Ele é capaz de colocar a pessoa certa no local certo, não apenas observando o currículo e a formação do candidato, mas acima de tudo, focando no perfil comportamental de cada um. Sempre agregando valor em seu trabalho, um atributo altamente valorizado atualmente.
  • É importante que você saiba que o analista comportamental não precisa ser um psicólogo, ele pode ter qualquer curso superior como, na área da saúde, administração, educação, dentre outros.
  • Como o mercado está mais competitivo, o analista comportamental ajuda você ou sua empresa a encontrar novas maneiras de se elevar a produtividade e a ganhar tempo em seu dia a dia.
  • O Analista Comportamental trabalha com testes, práticas e dinâmicas para identificar as habilidades e capacidades individuais de cada indivíduo. De modo que a pessoa foco seja capaz de entregar algo de muita qualidade no meio em que estiver.
  • O Analista Comportamental trabalha com clareza e assertividade gerando impactos positivos para você na busca por resultados. Com a ajuda desse profissional, você vai entender porque e como ele pode fortalecer seu empoderamento pessoal e profissional.
  • Na Análise Comportamental, os analistas não são pessimistas, mas são realistas, enxergando o que pode dar certo e errado, na colocação das pessoas nas organizações.
  • Eles são pessoas focadas e exatas no apontamento de pontos de melhorias das pessoas, isso com base nos processos a serem pensados e executados, com foco na otimização de resultados da organização.
  • O analista comportamental, naturalmente, tem uma memória muito boa e se posiciona como especialista que tem datas, dados, horários etc, sabendo a fundo sobre certas situações, pessoas e contextos.
  • Eles são excelentes na gestão de riscos, pois, antecipadamente, eles colocam em forma de relatórios e laudos sobre as situações e consequências prováveis de ocorrer em dado contexto ou momento.
  • Eles são pessoas que aprofundam na busca do conhecimento quando querem propor ou fazer algo novo para uma organização, ou seja, eles têm muito “os pés no chão”.

Vale ressaltar que é sempre muito importante antes de você ser uma Analista Comportamental, definir explicitamente seus valores objetivos e metas para sua carreira ou para sua empresa.

Você pode notar que a preocupação geral das empresas é contratar um profissional que possa gerar ótimos resultados. Por isso, a importância do trabalho do analista comportamental para agregar valor ao identificar quais são as pessoas com maiores virtudes e potencial de apresentar a performance requerida pela empresa.

Se você tem interesse em se tornar um Analista Comportamental, veja aqui as próximas turmas.

E, se este artigo foi útil para você, compartilha ele com seus amigos?

Até a próxima!

One Comment
Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *