5 dicas para extrair o melhor do perfil  Executor ou Alta Dominância (DISC).

5 dicas para extrair o melhor do perfil  Executor ou Alta Dominância (DISC).

A análise de perfil comportamental é essencial para a evolução de qualquer empresa, uma vez que trabalha diretamente o capital humano. Mas somente descobrir a qual perfil um determinado colaborador pertence nem sempre é suficiente para extrair o melhor dele em termos de desempenho. Partindo desse princípio, separamos nesse post, 5 dicas para que você possa extrair o melhor do perfil executor, conhecido por possuir alta dominância.

O que saber do perfil Executor.

Para saber como trabalhar com o Perfil Comportamental Executor é preciso, antes, saber os pontos principais sobre ele. Profissionais desse perfil são conhecidos por serem dominantes, e isso se deve ao fato de que gostam de tomar as rédeas nas atividades e projetos que devem ser desenvolvidos. Essa, por sinal, é sua característica mais forte, e é com base nela que é possível seguir as dicas a seguir.

Como extrair o melhor do perfil comportamental Executor.

1. Busque conhecer as características desse perfil comportamental.O primeiro passo para incentivar alguém e extrair seu melhor é conhecendo tudo que puder a seu respeito. No que diz respeito a uma pessoa do perfil executor, além da característica citada acima, é preciso levar em consideração também que ele é:

  • Autoconfiante.
  • Não teme desafios e os aceita sem receios.
  • Possui a competividade e foco nos resultados como pontos fortes.

2. Dê a liberdade que ele precisa para trabalhar.

Outra forma de extrair o melhor de um executor e permitir que ele obtenha o máximo de desempenho é lhe dando liberdade para trabalhar. Isso significa basicamente evitar dar ordens ou ditar o que deve ser feito. Sempre que possível, permita que esse colaborador defina suas próprias metas e busque por si mesmo as soluções que precisa.

3. Seja Profissional.O perfil comportamental.

Executor de fato não é do tipo que considera as relações interpessoais e os sentimentos, sejam seus ou alheios, como forma de chegar a bons resultados ou mesmo criar um ambiente de trabalho agradável, e você precisa ter isso em mente para trabalhar com ele. Foque sempre em resultados e no trabalho em si, discutindo fatos, gerando negociações e sendo o mais profissional possível.

4. Trabalhe com esse Perfil de forma prática, sem mimimi.

Ainda seguindo a mesma ideia da dica acima e buscando ser o mais profissional possível, utilize a praticidade a seu favor para extrair o melhor desse perfil. Quanto mais simples e claras forem as coisas, mais um colaborador executor poderá entregar em termos de resultados, pois ele aprecia a objetividade. Sendo assim, evite impor muitas regras ou passar muitos detalhes sobre algo que deve ser feito e, quando a tarefa couber a você, busque realizá-la de forma rápida e assertiva, evitando aborrecimentos.

5. Descubra se há combinação de Perfis.

Não é raro que uma pessoa apresente uma combinação de perfis comportamentais, e saber isso também é útil para a sua gestão de pessoas. Um colaborador tido somente como Executor, por exemplo, pode perfeitamente ter traços comunicacionais em seu comportamento, o que irá mudar um pouco a forma de lidar com ele e os resultados que pode te entregar.

Nesse caso, bem como na realização de toda a análise de perfil comportamental, é importante utilizar as ferramentas certas, como o Gescon Profiler, ou conversar com quem entende do assunto para saber qual direção tomar.

Caso tenha dúvidas, portanto, não deixe de entrar em contato com nossos especialistas em Perfil Comportamental, para que possamos te ajudar. Temos uma equipe de Executores e Comunicadores prontos para te atender, pois trabalhamos o resultado com foco nas pessoas.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *